Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro e teria 46% dos votos contra 25% no 1º turno, diz Datafolha

De acordo com a pesquisa, atual chefe do Executivo perderia no segundo turno para qualquer dos concorrentes analisados

O Globo

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e presidente, Jair Bolsonaro Foto: O Globo

SÃO PAULO — O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 46% das intenções de voto para a eleição presidencial de 2022 contra 25% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira. O petista aparece à frente do mandatário tanto na pesquisa estimulada, quando são ditos os nomes dos candidatos aos entrevistados, quanto na espontânea. Neste último caso, Lula tem 26% dos votos, enquanto Bolsonaro, 19%. Em um cenário em que os dois se enfrentam no segundo turno, o petista aparece com 58% dos votos, contra 31% do presidente.

O levantamento sugere que, pelo menos por enquanto, os candidatos que se apresentam como centristas não conquistaram o apoio dos eleitores. Na pesquisa espontânea, apenas o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi mencionado pelos entrevistados, com 2% das intenções de voto. A porcentagem de pessoas que afirmaram que votariam em outro nome é de 2%.

Thank you for watching

Já na pesquisa em que os nomes dos candidatos são expostos aos entrevistados, Ciro cresce nas inteções de voto, mas a corrida pela chamada terceira via continua embolada. Nesse cenário, o pedetista fica em terceiro lugar, com 8%. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 5%, e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), 4%. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, Doria e Mandetta estão empatados tecnicamente.

Além disso, 10% dos entrevistados disseram que pretendem votar em branco, nulo, ou em nenhum dos candidatos apresentados no questionário do Datafolha, e 2% afirmaram não saber em que vão votar. O Datafolha ouviu 2.074 eleitores, de forma presencial, entre o dia 7 e 8 deste mês.

Em outro cenário pesquisado, em que o candidato tucano é o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, este aparece com 3% das intenções de voto, e Lula com 46%, Bolsonaro 25%, Ciro Gomes 9% e Mandetta com 5%. Votariam em branco ou nulo 10%. Não souberam responder 2% dos entrevistados.

Na primeira pesquisa Datafolha divulgada em maio deste ano, Lula já aparecia à frente de Bolsonaro, com 41% das intenções de voto contra 23% do presidente. O ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro tinha 7% — desta vez, ele não aparece na pesquisa —; Ciro Gomes (PDT), 6%; Luciano Huck (sem partido) aparecia com 4%; e João Doria (PSDB), 3%.

Cenários no segundo turno 

Além de mostrar que Bolsonaro ficaria em segundo lugar no primeiro turno, o Datafolha revela que o presidente não vence nenhum dos principais adversários com vantagem.  

Em um cenário de segundo turno em que Lula e Bolsonaro se enfrentariam, o petista venceria por 58% a 31%. A pesquisa oscilou três pontos percentuais para cima em favor do ex-presidente, enquanto o atual ocupante do cargo perdeu um ponto.

Neste mesmo cenário, Lula receberia o voto de 66% dos eleitores com ensino fundamental e de 64% dos que declaram voto em Ciro Gomes no primeiro turno. Na disputa com Jair Bolsonaro, o petista ainda leva 34% dos votos entre empresários, e de 22% que afirmaram votar branco ou nulo no primeiro turno.

Jair Bolsonaro se destaca entre os eleitores com mais renda, e foi indicado por 48% dos que ganham de cinco a dez salários mínimos. 43% das pessoas que preferem outro partido que não PT, MDB ou PSDB também declararam voto no atual presidente em uma possível disputa contra Lula. Entre os que estão desempregados, 18% votariam em Bolsonaro, assim como 13% dos homossexuais e bissexuais que responderam a pesquisa.

https://oglobo.globo.com/brasil/lula-amplia-vantagem-sobre-bolsonaro-teria-46-dos-votos-contra-25-no-1-turno-diz-datafolha-25099080?utm_source=globo.com&utm_medium=oglobo