Mulher assassinada a facadas ao reagir a estupro em Mauriti

Elemento fugiu adentrando a um matagal.

Mulher não resiste a três facadas quando reagiu a uma tentativa de estupro. (Imagem apenas ilustração replica do Ac24Horas)

Segundo as informações da esfera policial na manhã deste sábado (27), no município de Mauriti, Roberta Oliveira Barbosa, jovem de 28 anos de idade, foi assassinada a golpes de faca, o acusado trata-se de um homem com quem ela tinha apenas amizade, mais não chegava a ser um relacionamento matrimonial, o mesmo conforme o relato sobre o crime teria tentado estuprá-la, quando houve reação por parte da mulher, e o elemento sacou uma faca partiu o ato violento desferindo três golpes de faca a altura do pescoço, ela acabou sendo socorrida as pressas para o Hospital São José da cidade de Mauriti, diante a situação chegou a ser intubada para ser encaminhada para o Hospital Regional do Cariri em Juazeiro do Norte, não resistiu à gravidade do ferimentos e veio a óbito. 

Depois do ato violento esfaqueando a mulher, Roberta Oliveira Barbosa, o acusado de nome João Soares Chagas, conta com 52 anos de idade, casal morava em um imóvel situado na Rua Maria Erimita Sampaio nas proximidades da agência do INSS no centro da cidade de Mauriti, ele fugiu adentrando a um matagal.  

Mais uma ação sangrenta contra mulher no Cariri, mais uma vítima fatal, desta feita episódio muito triste quando o acusado teria praticado o crime após tentativa de estupra a mulher que reagiu o desejo do elemento.   

A Polícia Militar de Mauriti foi acionada compareceu ao local deu início a buscas em toda área, até o fechamento desta edição não havia nenhuma informação sobre o paradeiro de João Soares Chagas, acusado do crime. 

Silva Neto – Plantão Policial