Peru bate o Paraguai nos pênaltis e enfrenta o Brasil na semifinal da Copa América

Lapadula foi um dos destaques da partida

Peru garante vaga na semifinal da Copa América (Foto: REUTERS/Diego Vara)

Em jogo de seis gols, Peru bate o Paraguai nos pênaltis e vai enfrentar o Brasil na semifinal da Copa América

Em partida com duas expulsões e emoção até o fim, goleiro Gallese defende penalidade de Alberto Espínola, Trauco marca e garante a vaga peruana na próxima fase nas cobranças alternadas

Resumão

O Peru está classificado para a semifinal da Copa América. Em um jogo de muitas emoções, marcado também pelas expulsões de Gustavo Gómez e Carrillo, a seleção peruana garantiu a vaga na próxima fase nos pênaltis, após um 3 a 3 no tempo regulamentar com o Paraguai, no Olímpico, em Goiânia, na noite desta sexta-feira.

Os gols da seleção peruana foram marcados por Lapadula, duas vezes, e Yotún. Enquanto a Albirroja balançou as redes com Gustavo Gómez, Júnior Alonso e Ávalos, nos minutos finais. 

Nos pênaltis, na sexta cobrança, Gallese defendeu o chute de Alberto Espínola. Trauco, ex-Flamengo, converteu e classificou a seleção comandada por Ricardo Gareca.

Semifinal

Com a vitória, a seleção peruana enfrentará o Brasil na próxima segunda-feira, às 20h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, em partida que vale vaga na final. O Paraguai, por outro lado, se despede da Copa América.

Primeiro tempo

Tivemos uma partida muito pegada e movimentada nos primeiros 45 minutos. O Paraguai começou melhor e controlou as ações no início. Depois de muita pressão, Gustavo Gómez abriu o placar para a Albirroja após cobrança de escanteio na área de Sánchez. Mas Lapadula empatou minutos depois em lance com grande jogada individual de Carrillo.

A seleção paraguaia seguiu atacando depois da igualdade peruana, mas, aos 39 minutos, após boa troca de passes, Lapadula marcou novamente e virou o placar. Nos minutos finais da primeira etapa, o drama paraguaio ainda aumentou: Gustavo Gómez fez falta no camisa 9 do Peru, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Segundo tempo

Mesmo com um homem a menos, o Paraguai retornou com tudo para o segundo tempo. A Albirroja começou a martelar o Peru desde os primeiros instantes e foi coroada com o empate aos oito minutos. Após cobrança de escanteio de Sánchez, Tapia desviou de cabeça. A bola sobrou para Júnior Alonso empatar. O gol fez o Peru acordar e sair mais para o jogo. Aos 35, Yotún arriscou um chute de fora da área e contou com um desvio na marcação para colocar a seleção peruana novamente na frente. Aos 38, Carrillo dividiu com Piris da Motta e recebeu o segundo amarelo. Com 10 contra 10, o Paraguai voltou a se atirar ao ataque. Aos 44, após um chute para frente de Antony Silva, Ávalos marcou o gol de empate que levou a decisão para os pênaltis.

As penalidades

O Paraguai começou convertendo a cobrança com Romero. Na sequência, Lapadula, Júnior Alonso e Yotún também marcaram. Héctor Martínez, porém, mandou para fora. Mas Ormeño parou nas mãos de Antony Silva. Na sequência, Samudio também perdeu. Tapia e Piris da Motta marcaram. Cueva parou em grande defesa de Antony Silva. Gallese então evitou o gol de Alberto Espínola na primeira batida das cobranças alternadas. Trauco fez o gol e garantiu a classificação peruana.

De herói a vilão

Um dos destaques da seleção paraguaia na Copa América, Gustavo Gómez foi do céu ao inferno na partida. O zagueiro que pertence ao Palmeiras foi o autor do primeiro gol do confronto, no começo do primeiro tempo. Mas, nos minutos finais da primeira etapa, acabou expulso e prejudicou a seleção comandada por Eduardo Berizzo.

Oportunista!

Lapadula foi um dos destaques da partida. Autor de dois dos três gols peruano no tempo regulamentar, o atacante ainda foi importante por ter sofrido a falta que culminou na expulsão do zagueiro Gustavo Gómez. Nos pênaltis, o camisa 9 também deixou o dele.

https://ge.globo.com/futebol/copa-america/jogo/02-07-2021/peru-paraguai.ghtml