Grêmio e Atlético-MG empatam na Arena e marcam passo na luta pelo título do Brasileiro

O Atlético-MG não consegue se manter colado a São Paulo e Inter, os primeiros colocados.

Hyoran comemora mais um gol pelo Atlético-MG (Foto: Pedro Souza)

Galo sai na frente com gol de Hyoran, de pênalti, no primeiro tempo, e Everton define o 1 a 1 aos 39 minutos da etapa final

Grêmio 1 x 1 Atlético-MG, pela 31ª rodada do Brasileirão

Em mais um jogo do "Rei do Empate" no Brasileirão, o resultado não poderia ser outro. Grêmio e Atlético-MG ficaram no 1 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena, pela 31ª rodada, e perderam a oportunidade de se aproximar dos líderes São Paulo e Inter, que se enfrentam ainda nesta noite. Hyoran, de pênalti, abriu o placar no primeiro tempo, e Everton decretou a igualdade no fim do jogo.

Como eles foram

Não bastasse o Grêmio dominar a estatística do empate no Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira chegou a uma façanha: dos 30 jogos disputados até agora, empatou 15. Ou seja, metade. O resultado veio de forma semelhante ao 1 a 1 com o Palmeiras, na rodada passada. Saiu atrás após um mau primeiro tempo e conseguiu reverter a derrota nos minutos finais.

Hora de secar os outros

O Atlético-MG não consegue se manter colado a São Paulo e Inter, os primeiros colocados. O Galo vai aos 54 pontos, segue em terceiro, mas pode ser ultrapassado pelo Flamengo em caso de vitória sobre o Palmeiras, na quinta. Também torce por um empate entre o Tricolor paulista e o Colorado nesta noite para não ver nenhum concorrente disparar no topo da tabela.

Primeiro tempo

O Atlético mandou no primeiro tempo. Com três zagueiros, Sampaoli liberou os laterais Guga e Guilherme Arana para se somar ao ataque. Na base da velocidade, o Galo dominou o Tricolor em boa parte da primeira etapa. Foi assim que os visitantes abriram o placar. Aos 28 minutos, Guilherme Arana invadiu a área do Grêmio e foi derrubado por Thaciano: pênalti. Hyoran cobrou e marcou. Os donos da casa até conseguiram equilibrar as forças, mas sem poder de fogo para buscar o empate.

Segundo tempo

Com a posse de bola, o Grêmio apresentava pouca eficiência para buscar o empate. Quem levava perigo em seus ataques era o Atlético-MG. Aos 10 minutos, Vargas obrigou Vanderlei a fazer boa defesa. Então, Renato Portaluppi imediatamente fez duas trocas. Novamente, porém, Vargas chutou para Vanderlei defender aos 17. Só que o Tricolor decidiu repetir a história do último jogo. Aos 39, em jogada de Ferreira pela esquerda, Diego Souza dividiu na área e a bola sobrou para Everton, de perna direita, mandar para o fundo do gol de Everson. Ainda teve chance de virar nos últimos instantes, mas fez juz ao título de “Rei do Empate”.

Como fica

O Atlético-MG segue em terceiro lugar com 54 pontos, mas pode perder o posto a depender do resultado de Flamengo x Palmeiras, na quinta-feira. O Grêmio segue estacionado na sexta colocação, com 51.

Próximos jogos

O Atlético-MG vai a São Januário enfrentar o Vasco no sábado, às 21h. Já o Grêmio tem o clássico Gre-Nal no domingo, às 16h, no Beira-Rio.

https://globoesporte.globo.com/rs/futebol/brasileirao-serie-a/jogo/20-01-2021/gremio-atletico-mg.ghtml