Carro de Solange Freitas, candidata a prefeita de São Vicente, é alvo de tiros

As imagens de câmeras de monitoramento devem ajudar a identificar o atirador.

Carro da candidata à Prefeitura de São Vicente, Solange Freitas (PSDB), é alvo de balas — Foto: G1 Santos

Homem em uma moto disparou ao menos cinco vezes contra a janela do banco do carona, mas projéteis pararam na blindagem.

Por G1 Santos

Carro de Solange Freitas, candidata a prefeita de São Vicente, é alvejado por tiros

A candidata à Prefeitura de São Vicente pelo PSDB, Solange Freitas, foi alvo de pelo menos cinco tiros na manhã desta quarta-feira (11). Solange estava acompanhada por quatro assessores no momento do ataque. Eles não foram atingidos e passam bem.

O atentado aconteceu na avenida Prefeito José Monteiro, na Vila Voturuá, por volta das 10h30. A candidata estava com a equipe de campanha dentro do carro blindado quando uma moto se aproximou do veículo e um homem atirou, ao menos quatro vezes, na direção da janela do passageiro, onde Solange Freitas estava sentada.

Um vídeo, obtido com exclusividade pelo produtor da TV Tribuna Luiz Linna, mostra o momento em que a moto se aproxima do carro da candidata e efetua os disparos. Depois, acelera e foge. (Veja o video acima)

Segundo informações da polícia, além de Solange, estavam no carro o motorista, um produtor da campanha, uma assessora e o candidato a vice-prefeito, Gil do Conselho.

De acordo com o major Michael, a PM faz buscas para tentar prender o autor dos disparos. As imagens de câmeras de monitoramento devem ajudar a identificar o atirador.

No dia 14 de outubro, criminosos chegaram a invadiram o comitê eleitoral da candidata, na avenida do Quarentenário, durante a madrugada. A porta do local e uma placa, com o nome de Solange, foram destruídos. A fiação elétrica também foi furtada.

Violência política

Uma pesquisa sobre violência na política, conduzida pelas organizações não-governamentais Terra de Direitos e Justiça Global mostra que de janeiro de 2016 a 1º de setembro de 2020 foram mapeados 327 casos de violência contra políticos eleitos, candidatos e pré-candidatos, que incluem ameaças, agressões e ofensas.

A candidata

Solange Freitas é jornalista e começou a atuar na região na TV Litoral em 1991. Já em 2005, ela entrou para a equipe da TV Tribuna, afiliada da TV Tribuna na Baixada Santista e Vale do Ribeira. Ela atuou como repórter até o início de 2020, quando se desligou da empresa para concorrer a Prefeitura de São Vicente pelo PSDB.

Repercussão

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez uma postagem nas rede sociais sobre o ataque à candidata.

"O atentado contra a jornalista @SolangeFreitas, que concorre à Prefeitura de São Vicente, no litoral de SP, é uma violência condenável e um ataque à democracia", escreveu. Doria também disse que determinou à Polícia Civil que esclareça o episódio e prenda o criminoso.

O PSDB emitiu, por volta das 11h30, uma nota sobre o atentado. Confira a seguir:

"O PSDB de São Paulo se solidariza com a candidata a prefeita de São Vicente Solange Freitas e sua equipe, vítimas de um atentado a tiros na manhã desta quarta-feira. Solange é a esperança de dias melhores na cidade e sem dúvida vai seguir firme com esse propósito. O PSDB espera a rápida elucidação do caso pelas autoridades policiais e a exemplar punição de seus autores".

https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/eleicoes/2020/noticia/2020/11/11/candidata-solange-freitas-e-alvo-de-tiros-em-sao-vicente-sp.ghtml