Barbalha: Pintor assassinado a tiros era acusado de tentativa de morte

Pintor morto estava em liberdade por habeas corpus

Ranieri Gomes Alves Furtado da Cruz, assassinado a tiros em Barbalha 

Nesta quinta-feira (12), por volta das 18h30, na Rua T23, em frente à casa de número 223 no Bairro Bela Vista em Barbalha, aconteceu um crime de morte a tiros, a vítima trata-se de Ranieri Gomes Alves Furtado da Cruz, tinha 30 anos de idade, de profissão pintor, que residia na Avenida São Joaquim no mesmo bairro. 

O pintor, Raniere, foi assassinado a tiros, e contra ele pesas acusação de tentativa de morte a facadas contra a pessoa de Leonardo Firmino Costa, 31 anos de idade, segundo relato acusado e vítima de tentativa tinham “rixas antigas”.

Ainda segundo as informações, quando do caso acontecido em 23 de janeiro de 2020, a vítima lesionada a facadas fora encaminhada para o Hospital São Vicente de Paulo, já Ranieri acabou preso em flagrante, mas, com trabalho de seu defensor na justiça conseguiu um habeas corpus perante o Tribunal de Justiça sendo colocado em liberdade.

Porém, acabou sendo executado a tiros na tarde de quinta-feira (12), em Barbalha.

Silva Neto – Plantão Policial