População da Mata dos Dudas reclama do estado de abandono pela gestão publica –

Lixo, estrada, taxa de iluminação cara e outros problemas em toda Barbalha

É um desafio para as comunidades barbalhenses, quer na zona urbana ou na zona rural, não ter motivo para reclamar da administração pública municipal de Barbalha. O mandato de 4 anos do atual gestor municipal está acabando e os problemas das comunidades aumentando, virando uma bola de neve. São várias as demandas populares que decepcionam a população como: lixo, lama, mato nas margens das calçadas, árvores frondosas prejudicando o trabalho de motoristas nas vias públicas, quando se poda são vários dias para se recolher, iluminação pública a mais cara do interior do estado à reclamação está nos quatro cantos do município, abastecimento de água na zona rural é uma situação muito precária em algumas localidades as senhoras do lar estão voltando ao tempo de carregar água na cabeça, estradas vicinais em algumas comunidades até os condutores de moto tem dificuldades de trafegar com a buraqueira. 

Nas vésperas da campanha política há menos de um mês, agora tem gente fazendo capinação em ruas que desde o início da gestão nada foi feito, a gente de saúde é colocada em comunidade que nesses 4 anos não teve atendimento para o povo, no Minha Casa, Minha Vida, cerca de 2 mil pessoas não tem atendimento odontológico nessa gestão. No Balneário do Caldas e Hotel das Fontes mais de 30 pais de família foram dispensados dos seus empregos e lutam para receber seus direitos. 

No Sítio Mata dos Dudas moradores da Rua São José enviaram fotos do lixo sem coleta, as ruas esburacadas, e outros problemas, esse é um quadro de uma cidade que é polo de saúde. O Programa Mais Saúde foi verdadeiro desastre no atendimento a população. Aterro sanitário que ia gerar até combustível projeto não saiu do papel, no lixão foi até projetado sistema de câmera sem ter si quer rede de energia elétrica.      

Em resumo, a Barbalha que o ex-prefeito Zé Leite deixou organizada agora está praticamente destruída.

Silva Neto

Imagens enviadas pela comunidade para o diariodocariri.com