Falta d’água na zona rural de Barbalha se arrasta em clamor na Câmara Municipal

Empresa responsável pelo abastecimento de água na zona rural de Barbalha recebe mais de R$ 100 mil mês

O Chapadão do Araripe é rico em água mineral das mais leves do Nordeste do Brasil, Barbalha em meio a esse chapadão com fontes jorrando água 24hs/dia, tem várias famílias na zona rural sofrendo a falta de água, o clamor é grande e são muitas as reclamações populares, dentre várias localidades, há mais de um mês a comunidade dos D’angolas está pedindo até pelo amor de Deus que a prefeitura de Barbalha resolva o problema do abastecimento de água daquela localidade.

Já não suportando mais a realidade cruel por mais de um mês sem água, os moradores da comunidade dos D’angolas recorreram ao vereador Daniel de Sá Barreto Cordeiro, ele que vem sempre fazendo essa defesa das comunidades do pé de serra, levou o assunto em requerimento à reunião desta segunda-feira (5), da Câmara Municipal de Barbalha, que ao ser apreciado com aparte no debate de vários vereadores e pedido de subscrição o requerimento foi aprovado por unanimidade. Na sua fala o vereador Daniel lamenta que a situação tenha chegado a esse ponto nessa atual administração pública de Barbalha que já enterrou R$ 5 milhões nesse abastecimento de água do pé de serra e as comunidades continuam sofrendo sem água, disse o vereador. 

Já o vereador Dorivan Amaro dos Santos, defende a comunidade do Sítio Macaúba que também tem problema no abastecimento de água, lá, a atual administração pública de Barbalha está usando cerca de hum milhão e meio de reais e o povo continua sofrendo o desabastecimento. 

Na mesma linha da reclamação de várias comunidades rurais sofrendo desabastecimento de água, o vereador João Ilanio Sampaio, que reside na zona rural, em sua participação detalhou que a empresa responsável pelo abastecimento de água na zona rural de Barbalha recebe mais de R$ 100 mil mês e o povo vive sofrendo essa situação. 

Também no pé de serra está à comunidade do Sítio Coité, que passa por situação crítica sobre o abastecimento de água nessa atual gestão pública municipal. 

A reunião da Câmara Municipal de Barbalha teve os trabalhos comandos pelo presidente Odair José de Matos.

Silva Neto