Oposição com votos da situação derruba veto do prefeito de Barbalha

Foram 10 votos a favor das Emendas e 3 a favor do veto do prefeito

Câmara Municipal de Barbalha debate e aprova Projeto de Lei derrubando o veto do prefeito municipal sobre as Emendas Impositivas (Foto SilvaNetodiariodocariri.com)

Sob a presidência do vereador Odair José de Matos, a Câmara Municipal de Barbalha, nesta quarta-feira (22), realizou reunião ordinária apreciando Projetos de Lei e de Resolução, com também proposições que demando os interesses da população através de requerimentos aprovados por unanimidade dos vereadores: João Ilânio Sampaio, Rildo Teles, André Feitosa, Bosco Vidal, Daniel Cordeiro e Odair José de Matos. 

Projeto de Resolução de Nº 33/2020, de autoria do vereador Daniel Cordeiro, com denominação de logradouro público, com homenagem imortalizando o nome de dona Maria Félix na Rua Projetada 17, no loteamento Venha Ver, a denominação foi aprovada por unanimidade.

A ala de oposição aprovou Emendas Modificativas anexando Emendas Impositivas ao Projeto de Lei do Executivo Municipal da Lei Orçamentária 2021, que destina 1% do orçamento, que dá em média de R$ 80 a R$ 100 mil por ano para cada vereador aplicar em benefícios as comunidades indicadas, sendo 50% para a área da saúde e 50% para outras áreas, as Emendas Indicativas foram vetadas pelo prefeito de Barbalha. 

Referido veto foi apresentado ao legislativo, que, apresentou Projeto de Lei 03/2020, de autoria dos vereadores: Vevé Siqueira, Dorivan Amaro dos Santos e Ilanio Sampaio, que, depois de acirrado debate entre as alas de oposição e situação, acabou aprovado por 10 votos a 3, que, derrubou o veto do prefeito municipal as Emendas Impositivas.

Com dois votos da ala do prefeito de Barbalha a favor das Emendas Impositivas, a oposição somou 10 votos e derrubou o veto do executivo municipal, com esse resultado fica garantido aos vereadores as Emendas Impositivas para o ano 2021, vale ressaltar que no atual mandato, essa queda de braço vinha se arrastando há tempo entre o Legislativo e o Executivo Barbalhense, mas, nesta quarta-feira (23), a Câmara Municipal venceu o Poder Executivo.

Silva Neto