Escolhidos os senadores que integrarão a CPI da Covid, que vai investigar a gestão Bolsonaro

A primeira reunião informal da comissão pode ocorrer já nesta quinta-feira (15)

Imagem reprodução via brasil247.com

247 - Um dia após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), determinar a criação da CPI da Covid-19, que vai investigar as ações e omissões do governo Jair Bolsonaro durante a pandemia, os líderes partidários já indicaram seus representantes para a comissão.

O bloco formado por MDB, PP e Republicanos indicou os senadores Renan Calheiros (MDB), Eduardo Braga (MDB) e Ciro Nogueira (PP).

O PSD, por sua vez, indicou os senadores Omaz Aziz (PSD) e Otto Alencar (PSD).

O bloco que reúne PSDB, Podemos e PL indicou os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos).

Na terça-feira (13) o PT decidiu indicar o senador Humberto Costa (PT).

Todos os nomes já foram oficializados à Secretaria-Geral da Mesa do Senado. 

Pacheco agora deverá ler em plenário o nome dos 11 titulares que se encarregarão da CPI. Há possibilidade de que a leitura seja feita ainda nesta quarta-feira.

A primeira reunião informal da comissão pode ocorrer já nesta quinta-feira (15).

Os 11 titulares da CPI são:

Renan Calheiros (MDB)

Eduardo Braga (MDB)

Ciro Nogueira (PP)

Omar Aziz (PSD)

Otto Alencar (PSD)

Tasso Jereissati (PSDB)

Eduardo Girão (Podemos)

Jorge Mello (PL)

Marcos Rogério (DEM)

Randolfe Rodrigues (Rede)

Humberto Costa (PT)

https://www.brasil247.com/regionais/brasilia/escolhidos-os-senadores-que-integrarao-a-cpi-da-covid-que-vai-investigar-a-gestao-bolsonaro?amp=&utm_source=onesignal&utm_medium=notification&utm_campaign=push-notification