Novo decreto do Estado suspende atividades de parques aquáticos em Fortaleza e Aquiraz

Com a nova regra, ficam suspensas as atividades de atrações como o Beach Park até o período pós-carnaval.

Escrito por Inácio Aguiar

Com o crescimento dos casos de Covid-19, o governo está impondo novas restrições e vem sofrendo pressões dos setores

Em novo decreto publicado neste sábado (6), o governador Camilo Santana determinou a suspensão das atividades, até depois do carnaval, de parques aquáticos nos municípios de Fortaleza e Aquiraz. A medida foi em complemento a outras já adotadas que restringem o funcionamento de estabelecimentos não essenciais no horário noturno. 

Com os casos de contaminação pela Covid-19 crescendo, o governo do Estado tem adotado medidas e, por isso, vem sofrendo pressões de setores afetados como o de bares e restaurantes por conta das limitações impostas para tentar conter o avanço dos casos. 

O Estado, inclusive, prepara para o início da próxima semana, um pacote de ajuda aos setores mais afetados pela crise, que inclui também a área de eventos. 

Um dos questionamentos que surgiram na última semana foi em relação ao funcionamento de parques aquáticos, em detrimento de outros setores. Com a nova regra, ficam suspensas as atividades de atrações como o Beach Park até o período pós-carnaval.   

Em contrapartida, após ponderações do setor, o novo regulamento das atividades por conta da pandemia do coronavírus flexibilizou o horário dos restaurantes de hotéis e pousadas no Estado, que poderão estender um pouco o funcionamento: de segunda a sexta de 20h até 22h e nos fins de semana de 15h às 22h, desde que apenas para os hóspedes. De acordo com o decreto, os próprios estabelecimentos precisam fazer o controle de acesso ao local. 

Medidas 

Na segunda-feira (8), o governador Camilo Santana deve anunciar um pacote de ajuda para os setores mais afetados pela crise. Após diálogos ocorridos na última semana, é possível que uma linha de crédito seja disponibilizada além de outras medidas que estão sendo estudadas por uma equipe multidisciplinar comandada pela Casa Civil e a Secretaria de Planejamento do Estado.

O setor de bares e restaurantes e os de eventos vêm sofrendo restrições desde o início da pandemia em março do ano passado.  

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/opiniao/colunistas/inacio-aguiar/novo-decreto-do-estado-suspende-atividades-de-parques-aquaticos-em-fortaleza-e-aquiraz-1.3043832