Segundo turno começa com tranquilidade em Fortaleza e Caucaia

Até as 10 horas, a votação foi priorizada para pessoas com mais de 60 anos e outras do grupo de risco para a Covid-19.

Legenda: Liceu do Ceará, em Fortaleza, é um dos colégios eleitorais que tem presença de policiais militares - Foto: José Leomar

Escrito por Redação

Em Fortaleza, 13 urnas apresentaram defeitos e nove foram substituídas. Já em Caucaia, cinco tiveram problemas e três foram substituídas.

O segundo turno das eleições municipais em Fortaleza e Caucaia começou com tranquilidade neste domingo (29). Com as seções abertas às 7 horas, nenhum crime eleitoral foi registrado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) até as 9 horas.

Até as 10 horas, a votação foi priorizada para pessoas com mais de 60 anos e outras do grupo de risco para a Covid-19. No Colégio Santo Inácio, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, a aposentada Socorro Bonfim Gomes, de 70 anos, foi a primeira a entrar no local de votação. A eleitora utilizou de máscara de proteção e protetor facial para se proteger contra o vírus. "Tem que preservar a vida, a saúde. Não deixo de votar, até 96 anos, seu eu estiver viva eu vou votar", afirma.

Já em Caucaia, eleitores fizeram fila na Escola Economista Rubens Vaz da Costa, maior local de votação do município, antes das 7 horas. Mesmo sendo a maioria das pessoas presentes na fila idosas, o distanciamento social não foi respeitado. 

"Enquanto eu tiver como me locomover eu quero votar" afirmou José Antônio da Silveira, de 70 anos. Ele foi um dos eleitores que chegou antes dos portões da escola abrirem. Além de usar máscara, levou a própria caneta e utilizou álcool em gel antes e após registrar o voto na urna.

Para Francisco Benvindo da Silva, 53, nem mesmo um problema de locomoção o impediu de ir votar em Caucaia. O aposentado recebeu carona na bicicleta do irmão para ir ao local de votação. O esforço foi o mesmo feito no primeiro turno. Para acessar a urna, o eleitor recebeu auxílio de mesários. 

Urnas defeituosas

De acordo com o TRE-CE, 13 urnas apresentaram problemas na manhã deste domingo em Fortaleza e nove delas foram substituídas. Em Caucaia, cinco dos equipamentos tiveram problemas, com três sendo substituídos. Defeitos no terminal do mesário, terminal do eleitor e na impressora da urna foram os principais problemas, segundo o órgão.

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/politica/segundo-turno-comeca-com-tranquilidade-em-fortaleza-e-caucaia-1.3016757