Juazeiro – Duas pessoas presas com droga em inspeção ao coronavírus

Polícia fazendo parte da barreira de inspeção ao Covid 19, prende casal com quase um quilo de droga

Polícia apreende droga em barreira sanitária contra o coronavírus (Imagem ilustração via google)

Em Juazeiro do Norte o trabalho de inspeção contra o Covid 19 (Coronavírus) começa positivo em outra linha de ação, desta feita policial, por volta das 16hs, desta terça-feira (24), na barreira montada na Rodovia Padre Cícero, um casal estava trafegando em uma Honda NXR 125 Bros KS de cor vermelha e placa MMW-3437, inscrição da Paraíba, quando de repente ao avistar a barreira alguém jogou fora um pacote para as margens da rodovia, porém, a equipe militar percebeu a ação e logo parou o casal.

Abordagem

A equipe militar sob o comando do Ten-PM Lindemberg fez o trabalho de abordagem, um policial indagou a garupeira sobre o volume jogado fora, a jovem de nome Patrícia Rufino da Silva, 23 anos de idade, residente no Sítio Balanço na zona rural de Aurora, deu uma resposta não convincente, enquanto isso outro policial já estava na mira do pacote que foi recolhido, uma bolsa infantil no seu interior tinha duas sacolas plásticas com droga, quando abertas havia 910 gramas de maconha. 

O casal trafegava com destino a Juazeiro, percebendo que a casa caiu em flagrante a jovem passou a chorar. A polícia apreendeu a droga e um celular que estava na bolsa, o casal identificado sendo o condutor da moto, Gilmar da Conceição, agricultor, e sua garupeira, Patrícia Rufino da Silva, foi conduzido para a 20ª DRPC – Delegacia Regional de Policia Civil de Juazeiro do Norte, e apresentado à autoridade de plantão delegado Douglas Duremberg, o qual adotou os procedimentos na forma da lei, e em seguida Gilmar da Conceição foi levado a uma das celas da DRPC, e Patrícia convidada para ir ao presídio feminino na cidade do Crato.

Portanto, a barreira de inspeção não detectou o casal com coronavírus, o que é bom, mas, detectou um crime de tráfico de droga, o motoqueiro Gilmar da Conceição, e sua companheira de viagem, Patrícia Rufino da Silva, seguiam para Juazeiro com 910 gramas de maconha.

Silva Neto