Palmeiras atropela no início, goleia Botafogo e retoma liderança do Brasileiro

A vitória leva o Palmeiras aos 19 pontos, um a mais do que o rival Corinthians, na liderança do campeonato

Com primeiro tempo avassalador, Verdão volta à ponta da tabela – Rony, duas vezes, Scarpa e Wesley marcam; Alvinegro se aproxima perigosamente do Z-4

Verdão é líder!

O Palmeiras voltou à liderança do Campeonato Brasileiro com uma apresentação de gala: dominante do início ao fim, o Verdão goleou o Botafogo por 4 a 0, na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque, no fechamento da 10ª rodada da competição. Com um início avassalador, o Verdão abriu vantagem com dois gols de Rony e um de Gustavo Scarpa, no primeiro tempo, e teve final perfeito no golaço de Wesley, após oito pedaladas e um chute na gaveta – atordoado, o Alvinegro não conseguiu reagir, teve sua terceira derrota seguida no Brasileirão e passa a ver a zona de rebaixamento mais de perto. No primeiro duelo entre os portugueses Abel Ferreira e Luís Castro, melhor para o palmeirense: mais uma vez, o time mostrou sua força.

Como fica?

A vitória leva o Palmeiras aos 19 pontos, um a mais do que o rival Corinthians, na liderança do campeonato. O Botafogo permanece com 12 e fica a apenas um de distância do Cuiabá, que abre a zona de rebaixamento. Noite de pedaladas!

Rony bem que tentou responder, mas não acertou: Wesley deu OITO pedaladas antes de ajeitar e finalizar no ângulo de Gatito Fernández, fechando a goleada. A dupla de atacantes brincou após a partida.

Primeiro tempo

O Palmeiras teve um primeiro tempo avassalador, punindo o Botafogo por marcar alto e deixar espaços para nomes como Dudu e Rony explorarem. Logo aos cinco minutos, porém, o gol veio na bola aérea – Scarpa cruzou, e Murilo cabeceou para as redes. A bola, porém, desviou em Luan, que estava impedido, e o lance foi anulado pelo VAR. Ainda assim, o Verdão manteve sua intensidade e deixou o rival atordoado: em jogadas rápidas, o time de Abel Ferreira abriu o placar com Rony, aos 10, e ampliou com Gustavo Scarpa, aos 17, sozinho na área após cruzamento de Piquerez. O Palmeiras continuou dominando e só não goleou porque parou no goleiro Gatito Fernández – e também na trave, em chute de Dudu. Na bola aérea, o time puniu novamente o Botafogo com Rony, de cabeça, abrindo 3 a 0 com pouco mais de 30 minutos.

Segundo tempo

Luis Castro tentou dar novo fôlego ao meio-campo do Botafogo com as entradas de Kayque e Del Piage nas vagas de Tchê Tchê e Luís Oyama. As trocas, somadas à diminuição do ritmo do Palmeiras, deixaram o jogo mais equilibrado e o time carioca mais confiante para criar. No entanto, o goleiro Weverton, no primeiro jogo após o retorno da seleção brasileira, fez grandes defesas – principalmente em cobrança de falta de Daniel Borges e em uma finalização de Saravia quase à queima-roupa. O Palmeiras também fez mudanças e lançou Rafael Navarro, que chegou a fazer seu gol, não comemorou em respeito ao ex-clube, mas viu o lance ser anulado por impedimento. Com total controle, o Verdão garantiu a vitória e a liderança e ainda contou com golaço de Wesley, após oito pedaladas e um chute na gaveta, para fechar o 4 a 0.

Central do Apito

O VAR atuou logo aos cinco minutos de jogo para a anulação de um gol de Murilo, de cabeça, após escanteio cobrado por Gustavo Scarpa. Na Central do Apito, o comentarista Sálvio Spinola concordou com a marcação – a bola cabeceada pelo zagueiro desviou em Luan, que estava impedido.

Presente para Scarpa!

E esse torcedor? O garoto levou leite condensado e biscoito para o meia do Palmeiras, que é apreciador das duas iguarias...

Público e renda

Público: 33.431 pagantes.

Renda: R$ 2.094.253,17.

Próximos jogos

O Palmeiras volta a campo no domingo para enfrentar o Coritiba, às 18h (de Brasília), no Couto Pereira. Já o Botafogo recebe o Avaí na segunda-feira, às 19h, no Nilton Santos – os dois jogos são válidos pela 11ª rodada do Brasileirão.

https://ge.globo.com/sp/futebol/brasileirao-serie-a/jogo/09-06-2022/palmeiras-botafogo.ghtml