Cruel e covarde: Polícia prende homem que matou cão a pauladas em Barbalha

Crime ambiental aconteceu na comunidade da Mata dos Limas

Imagem pelas redes sociais

Por volta das 14hs deste domingo (03), na comunidade Mata dos Limas situada na zona rural de Barbalha, contra um animal indefeso foi cometido um crime chocante, cruel, covarde e outras situações mais duras foram citadas por moradores contra o elemento que friamente a pauladas com fortes pancadas na cabeça matou um cão em plena via pública. 

O ato cruel e covarde deixou populares revoltados e logo a polícia foi acionada sobre o crime que teve cenas dolorosas vistas pelas redes sociais, o cão de nome “totó” morreu perdendo sangue pelas pancadas sofridas na cabeça. 

Elemento

Trata-se de José Galvão dos Santos, tem 43 anos de idade, é conhecido pela alcunha de “Zé do Gato” ele mora no Sítio Mata dos Limas em Barbalha, onde praticou o crime ambiental atingindo o indefeso cão com várias pauladas na cabeça.

Prisão 

Acionada sobre o caso perverso e a morte do cão, uma equipe da Polícia de Barbalha foi à comunidade do Sítio Mata dos Limas efetuando a prisão do “Zé do Gato”, o mesmo foi conduzido até o plantão da 20ª DRPC – Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, que após a lavratura do ato na forma da lei ele foi levado à cadeia pública de Juazeiro do Norte. 

Embriaguez

Quando a polícia prendeu Zé do Gato” na comunidade Mata dos Limas, ele apresentava sinais de embriaguez alcoólica, mostrando frieza ele disse que matou o cão porque “deu vontade”, e na manhã desta segunda-feira (4), o ato agressivo seguido de morte do cão foi apresentado à autoridade competente sendo lavrado o Auto de Prisão em Flagrante (APF) e protocolado na Comarca de Barbalha estando agora o “Zé do Gato” à disposição da Justiça. 

Em outras informações do setor policial, o acusado já responde por vários outros atos, um deles de violência contra animais.

Silva Neto – Plantão Policial