Imortalidade Cultural: A tradição barbalhense carregada nos ombros

Projeto Imortalidade Cultural será apresentado na Praça Engenheiro Doria

IMORTALIDADE CULTURAL: A TRADIÇÃO BARBALHENSE CARREGADA NOS OMBROS [caption id="attachment_156178" align="alignleft" width="217"] Projeto Imortalidade Cultural será apresentado na Praça Engenheiro Doria (Imagem Liceu)[/caption] A Escola de Ensino Profissionalizante Otília Correia Saraiva (Liceu) de Barbalha, situada no Parque Bulandeira, na manhã desta quinta-feira (5), com toda todos seus staff e estudantes estará na Praça Engenheiro Doria (Praça da Estação), apresentando a população de Barbalha o Projeto: IMORTALIDADE CULTURAL: A TRADIÇÃO BARBALHENSE CARREGADA NOS OMBROS, um trabalho feito pelos alunos Guilherme Cardoso e Francisco Neto. IMORTALIDADE CULTURAL: A TRADIÇÃO BARBALHENSE CARREGADA NOS OMBROS é um projeto audacioso que trata da história do pau da bandeira de Santo Antônio, com relatos, fatos, acontecidos importantes, sítios que já fizeram parte da história, doadores de pau de bandeira para Santo Antônio aqui diga com letras garrafais o Dr. João Filgueira Teles, em sequência do trabalho para manter a tradição vem o corte, o carregamento que cruza a cidade e o hasteamento que reúne milhares de pessoas da Barbalha, do Cariri, do Ceará e do Brasil. Capitães e carregadores, a força e a fé transportando paus de bandeiras que se tornaram desafios e foram vencidos pelos bravos e valorosos carregadores, é a cultura popular nas raízes da cidade e no seio do povo. A direção da Escola de Ensino Profissionalizante Otília Correia Saraiva (Liceu de Barbalha), convida a população de Barbalha para conhecer esse projeto IMORTALIDADE CULTURAL: A TRADIÇÃO BARBALHENSE CARREGADA NOS OMBROS, em ato público na Praça Engenheiro Doria, nesta quinta-feira (5), a partir das 08hs da manhã. Referido projeto é de autoria dos dois alunos Guilherme Cardoso e Francisco Neto.