Pau de Bandeira, hoje a tarde no Brejinho, Estrela e Correntinho, em Barbalha

Pau de Bandeira é festa popular e move milhares de pessoas em Barbalha

[caption id="attachment_146162" align="aligncenter" width="300"] Pau de Bandeira é tradição centenária em Barbalha (imagem arquivo diariodocariri.com[/caption] Brejinho, Estrela e Correntinho, hoje tem pau de bandeira Festejos religiosos de padroeiros e padroeiras em Barbalha, é tradição abertura ser com missa e pau de bandeira, e neste domingo (10), essa festa popular acontece em três comunidades, Sítio Brejinho, Distrito Estrela e Corrrentinho, outras comunidades rurais também começam hoje seus louvores a São João Batista. [caption id="attachment_146161" align="alignleft" width="300"] Corte do pau da bandeira de São João Batista, Distrito de Estrela (crédito: João Ilânio Sampaio)[/caption] No domingo passado dia 3/6, houve o corte do pau da bandeira nas três localidades, é também um momento muito festivo pelos carregadores e moradores que participam dando apoio. Na manhã deste domingo, celebração de missa de abertura da parte religiosa, no Distrito de Estrela, às 10h30, Celebração Eucarística e a tradicional benção da bandeira com a participação dos “capitães” e carregadores do pau da bandeira, e as 14h00, o carregamento do pau saindo do Sítio Lagoa, com hasteamento para o final da tarde; No Sítio Brejinho a missa foi celebrada às 09h00, também com benção da bandeira do glorioso padroeiro e seus carregadores, às 14h00, começa o cortejo do traslado do pau da bandeira, saindo da casa do doador seu Lídio, e também no período da tarde tem o cortejo do pau da bandeira de São João Batista coopadroeiro da comunidade do Sítio Correntinho. [caption id="attachment_146166" align="alignright" width="300"] Pau de Bandeira no Correntinho, comando é das mulheres (Crédito SilvaNetodiariodocariri.com)[/caption] No Sítio Correntinho, neste domingo homem não carrega pau de bandeira e nem levanta, tudo é trabalhado, coordenado e comandado por mulheres, é uma festa movimentada e cheia de energia pela força da mulher, tem uma coordenação faz toda orientação para colocar o pau no ombro, fazer a caminhada e, no momento de pôr no chão também tem orientação para não haver risco de incidente ou acidente com as mulheres. Somente no hasteamento, quando é necessário os homens são convocados para dar apoio em razão do peso, altura, colocação de tesouras, cordas, e as definições necessárias em termos de haver segurança no hasteamento. Portanto, neste domingo tem três comunidades começando os festejos alusivos à São João Batista em localidades diferentes, Brejinho com 149 anos de devoção, Estrela 103 anos, e no Correntinho a festa tem poucos anos de instituída. No Brejinho os festejos de São João Batista tem apoio do professor e vereador, Odair José de Matos, na Estrela o apoio é do professor e vereador João Ilânio Sampaio. Silva Neto

Dona Zuzete e família

Andor de Santo Antônio deixando o CNSF

Santo Antônio chega ao patamar da matriz