Cientistas inventam bateria de celular que dura cinco dias

Equipe australiana apresentou novo conceito para componente de enxofre e lítio.

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Bateria criada por cientistas teria capacidade de manter um celular funcionando por cinco dias — Foto: Divulgação/Universidade Monash

Cientistas afirmam ter criado um novo tipo de bateria que poderia deixar um smartphone em operação por cinco dias. Os resultados são fruto de uma nova aplicação de lítio e enxofre (Li-S) na concepção da bateria que permitem a criação de unidades que não são muito mais caras ou difíceis de fabricar do que as atuais, em geral produzidas com íons de lítio (Li-ion). Outra vantagem da bateria Li-S seria o potencial de diminuir os riscos para o meio-ambiente.

A tecnologia desenvolvida na Universidade Monash, da Austrália, poderia permitir também que um carro percorresse uma distância de mil quilômetros.

Outro aspecto importante do projeto está no fato de que a ideia não é inédita, já que baterias que combinam enxofre e lítio são investigadas pela comunidade científica já há alguns anos. O que diferencia o projeto e pode torná-lo mais próximo da realidade é o fato de que há testes em maior escala da tecnologia planejados para ocorrer ao longo do ano na Austrália. Além disso, há também interesse de fabricantes da China e da Europa em investir no desenvolvimento comercial da Li-S.

Os resultados animadores da nova tecnologia foram obtidos por conta de um processo químico inspirado em detergentes em pó. Aplicada sobre o enxofre, que no experimento forma o polo negativo da bateria, a técnica permitiu que o protótipo mantivesse a performance mesmo quando submetido a cargas maiores.

Em baterias convencionais, um efeito de cargas mais fortes libera calor e degrada a performance do componente ao longo do tempo. Segundo os cientistas, a preparação do enxofre resolveu o problema, dando à bateria mais durabilidade e capacidades maiores.

Os pesquisadores também destacam que o novo componente é menos agressivo ao meio-ambiente, já que o processo de fabricação usa água e pode reduzir a geração de rejeitos tóxicos, em geral associados à manufatura das baterias Li-ion atuais.

Além disso, os cientistas acreditam que os custos podem ser atrativos para a indústria. Eles afirmam que o eventual processo de migração para baterias de lítio e enxofre seria amenizado pelo fato de que boa parte dos materiais empregados na fabricação da bateria Li-S são os mesmos usados atualmente.

Com informações da Monash University, Engadget, SlashGear

techtudo.com.br

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: