Saúde

O drama da mulher que sofreu um ataque cardíaco durante a gravidez

“Pensei que seria o tipo de grávida que teria uma barriga fofa e trabalharia até o dia do meu parto. Não foi o que aconteceu”

Por Redação

O registro de internações de mulheres jovens por causa de ataque cardíaco subiu de 21% para 31% em 20 anos. (iStock/Getty Images)

A gravidez pode ser um momento muito especial na vida da mulher. Apesar disso, em alguns casos, a gestação pode ser de risco e exige cuidados especiais. No entanto, existem condições que, por serem raras, são pouco conhecidas das futuras mamães, o que coloca em risco a saúde dela e do bebê. Esse foi o caso de Eliz Greene, que durante uma gestação de gêmeos, sofreu um ataque cardíaco aos 35 anos. O problema foi provocado por uma dissecção espontânea, uma complicação rara da gestação na qual acontece um bloqueio em uma das artérias coronárias (vasos responsáveis por transportar o oxigênio até o coração). Quando isso acontece, o sangue é forçado a fluir entre as camadas que separam essas artérias.

“Eu pensei que seria o tipo de grávida que teria uma barriga fofa e trabalharia até o dia do meu parto. Não foi o que aconteceu”, comentou Eliz, agora com 53 anos, à Fox News. O drama da americana começou um mês antes do parto quando ela precisou ser internada no hospital porque entrou em trabalho de parto prematuramente. Ao longo da internação, ela foi obrigada a comer deitada, o que causava muita azia. Além disso, ela só podia levantar para ir ao banheiro ou tomar banho se não estivesse sentindo muitas contrações.

Em um dos momentos em que foi autorizada a tomar banho, Eliz começou a sentir queimações no peito – sintoma inicial de um ataque cardíaco -, que confundiu com a azia que vinha sentido. No entanto, as dores se tornaram mais fortes e ela começou a vomitar. “Era diferente de qualquer vômito que eu já tive. Isso foi uma pista de que algo estava realmente errado. Liguei para uma enfermeira me ajudar”, contou.

Atendimento rápido

A partir daí, a rapidez na sequência eventos pode ser considerada um dos motivos pelos quais Eliz sobreviveu. Para sorte dela, sua obstetra, responsável por atender casos de gravidez de alto risco, estava checando pacientes há alguns metros de distância quando as enfermeiras foram atendê-la. “Ela [obstetra] começou a me fazer muitas perguntas, incluindo ‘alguém teve um ataque cardíaco inicial em sua família?’ Lembro-me de pensar que ela era louca”, revelou. No entanto, 11 minutos após acionar a enfermeira, o coração de Eliz parou. A equipe que cuidava do seu caso teve que fazer ressuscitação (massagem cardíaca) e utilizar equipamento médico manual para mantê-la respirando.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: