Governadores do PSDB defendem manutenção dos estados na PEC da Previdência

Na Câmara, uma parcela dos deputados defende a exclusão dos estados da reforma. Nessa hipótese, assembleias teriam de aprovar leis específicas para os servidores estaduais.

Por Bárbara Muniz Vieira, G1 SP — São Paulo

Da esq. para a dir.: o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara; os governadores do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; São Paulo, João Doria (PSDB); Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o deputado Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara — Foto: Bárbara Muniz Vieira

Governadores do PSDB reunidos nesta segunda-feira (3) em São Paulo defenderam a manutenção dos estados na proposta de reforma da Previdência que tramita na Câmara.

Se os servidores estaduais permanecerem na reforma, conforme prevê a proposta de emenda constitucional enviada pelo governo ao Congresso, as mudanças previstas na PEC valeriam automaticamente para eles. Do contrário, as assembleias legislativas teriam de aprovar leis específicas para os sistemas de previdência estaduais.

Atualmente, há pressões de deputados na Câmara para que estados e municípios sejam excluídos da reforma da Previdência Social. Embora defenda a manutenção, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) considera “difícil” manter os servidores estaduais na reforma.

João Doria (SP), Eduardo Leite (RS) e Reinaldo Azambuja (MS) concederam entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, ao lado do deputado Samuel Moreira (SP), relator da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara, que também é do PSDB.

A inclusão ou não de estados e municípios na reforma é um dos “dois ou três pontos” que, segundo Moreira, faltam para a conclusão do relatório final. O deputado diz que pretende entregar o parecer na próxima quinta-feira (6), ou, no máximo, até segunda-feira (10).

João Doria afirmou que não há um “plano B” para o déficit de São Paulo, na hipótese de a reforma previdenciária não incluir estados e municípios.

“A posição do governo de São Paulo é exatamente a mesma dos governadores do Mato Grosso do Sul e do Rio Grande do Sul: é plano A. A de aprovação. Não há plano B na nossa perspectiva”, declarou.

Eduardo Leite disse que no Rio Grande do Sul o déficit previdenciário tem custado R$ 12 bilhões por ano ao estado, dinheiro que poderia estar sendo investido em saúde, infraestrutura e educação.

“É muito importante para o Brasil e todos os brasileiros que a nova reforma da Previdência tenha impacto também nos estados para assegurar a investidores que o Brasil tem futuro para que se animem com investimentos que vão gerar emprego e renda para a população.”

Reinaldo Azambuja falou em “lógica previdenciária” para defender manutenção dos estados na proposta de reforma.

“Quando você exclui municípios e estados e deixa o regime próprio federal, você está excluindo uma lógica previdenciária. Então, em defesa de uma lógica, é muito importante que a gente trate estados e municípios e o regime próprio da previdência dos servidores federais com uma lógica equânime entre todos os entes da federação.”

De acordo com Samuel Moreira, há alternativas sendo estudadas”, mas, para ele, estados e municípios deveriam “fazer um esforço” para permanecer na PEC. Segundo ele, o déficit da Previdência de estados e municípios é de R$ 96 bilhões por ano, ou R$ 1 trilhão em dez anos.

“Eu diria que não há qualquer alternativa que seja melhor do que mantermos. E aí eu estou dizendo minha opinião pessoal, do que manter os estados e municípios nesta reforma. Não há, porque nós temos que resolver isto ao mesmo tempo, governo federal, estados e municípios, e de maneira rápida”, disse ele.

O relator afirmou que apesar de ter se reunido com os governadores que participaram da coletiva, não tem procurado outros governadores, mas sim lideranças e deputados, inclusive da oposição.

“Não tenho problema em falar com governadores. Mas acho que meu papel é falar com os deputados e com os líderes de bancada. Eu tenho o cuidado de não passar por cima dos deputados, dos líderes. São eles que votam e têm autonomia”, disse Moreira.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: