Bolsonaro ordena pente-fino no Governo; exonerações começam

A primeira reunião ministerial do novo governo resultou em ordens do presidente para cortes de ocupantes de cargos federais que a nova gestão considera simpatizantes da esquerda. As medidas devem atingir o Ceará

Bolsonaro ordena pente-fino no Governo Foto: Marcos Corrêa/PR

O pente-fino que o Governo Bolsonaro fará na máquina pública federal deve atingir o Ceará. O presidente pediu aos 22 ministros uma limpeza de pessoas que a nova gestão considera simpatizantes da esquerda nos cargos de confiança dos ministérios para poder aplicar sem entraves internos seu programa. O PSL já identificou mais de 800 ocupantes de cargos federais no Ceará. “É o único jeito de poder tocar o Governo com as nossas ideias, os nossos conceitos e fazer o que a sociedade brasileira decidiu por maioria: dar um basta nas ideias socialistas e nas ideias comunistas que por 30 anos nos levaram a esse caos em que vivemos”, disse, ontem, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

No Ceará, esses mais de 800 ocupantes de cargos federais trabalham em 43 órgãos vinculados à União, segundo levantamento do PSL cearense.

Na Casa Civil, que articula os trabalhos do Governo, já foram exonerados 300 funcionários que tinham cargo de confiança, ou seja, cuja nomeação depende do Governo e não de concurso público.

“Não há nenhum sentido em nós termos um governo com perfil que nós temos, com pessoas que defendem outra lógica, um outro sistema político, uma outra organização da sociedade”, disse o ministro da Casa Civil. “Estamos tendo a coragem de fazer o que talvez tenha faltado ao governo que terminou no dia 31, logo no início ir limpando a casa”, acrescentou. Lorenzoni já tinha falado em “despetizar” o Estado.

Ao ser questionado se a medida não seria uma espécie de “caça às bruxas”, ele negou. “Não tem isso. E justamente para não ter é que nós exoneramos todos os comissionados”, afirmou o ministro.

“Por ser um governo novo – uma mudança similar só se deu quando Lula assumiu, em 2003 – e carregado de expectativas por parte do eleitor do Bolsonaro, ele tem que fazer medidas de grande impacto. E está fazendo”, avalia o cientista político André César, da consultoria Hold.

Medidas como a anunciada por Lorenzoni soam como “música para o ouvido do eleitor dele”, acrescenta César.

Imóveis

Onyx relatou, ontem, que Bolsonaro também pediu aos ministros um levantamento sobre todos os imóveis do governo federal nos estados, principalmente nas capitais.

A ideia é reunir todas as estruturas em um só local, liberando edifícios para a venda. “É o nascedouro da ideia de uma Casa Brasil nas capitais. A União tem hoje cerca de 700 mil imóveis. Pensem o que isso significa em termos de custo de manutenção”, afirmou.

“Também serão revisados todos os contratos de locação de imóveis Há contrassenso absurdo no aluguel desses espaços”, disse o ministro.

Temer

Ontem, Bolsonaro também levantou desconfianças sobre atos do governo Michel Temer em sua primeira reunião ministerial. Ele ordenou a todos os ministros que façam um pente-fino também nos gastos realizados pela administração anterior no mês passado. Segundo o ministro da Casa Civil, o volume de despesas autorizadas em dezembro teria causado “estranheza”.

“Houve uma movimentação incomum de recursos destinados a ministérios nos últimos dias de 2018. Foi solicitado que todos os ministros fizessem uma revisão, Pasta por Pasta, sobre as exonerações ou transferências de pessoal, e também sobre a movimentação financeira dos últimos 30 dias”, afirmou Onyx, após a primeira reunião ministerial da gestão Bolsonaro no Palácio do Planalto.

Onyx disse ainda que a suposta movimentação atípica ocorreu, sobretudo, nos últimos 15 dias do ano. “O presidente Bolsonaro quer um relatório de cada um dos ministros para ver para onde foi o dinheiro, por que foi feito e se há suporte”.

Contrato suspenso

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, suspendeu contrato de R$ 44,9 milhões com a Universidade Federal Fluminense. O acordo para elaborar um projeto de “apoio institucional ao desenvolvimento do projeto Fortalecimento Institucional da Funai” não foi firmado por meio de processo licitatório e de concorrência, mas por uma contratação direta entre os dois órgãos federais.

O pente-fino nessas despesas é visto por técnicos do governo como um processo “normal” de revisão de atos. Segundo técnicos, é comum que os ministérios acelerem os gastos em dezembro para garantir o uso do espaço fiscal já autorizado para aquele ano.

Fachadas

A previsão do Governo é que até a próxima semana se tenha um balanço do total de exonerações.

As mudanças também chegaram à paisagem da Esplanada dos Ministérios. Começaram a ser trocadas as fachadas das sedes. A primeira alteração imposta no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, foi nas cores das cadeiras: saem as vermelhas, entram as azuis.

A troca foi realizada na tarde de ontem, com o auxílio de um caminhão, e durou cerca de 40 minutos.

O presidente e sua equipe costumam criticar a cor vermelha que associam ao PT e ao socialismo.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: