Ex-deputado federal Luiz Carlos Sigmaringa Seixas morre aos 74 anos

Jurista foi filiado ao PMDB, ao PSDB e ao PT. Como advogado, defendeu presos políticos e estudantes na ditadura militar.

Por G1 DF e TV Globo

Ex-deputado Luiz Carlos Sigmaringa Seixas, em imagem de arquivo — Foto: TV Globo/Acervo

O advogado e ex-deputado federal Luiz Carlos Sigmaringa Seixas morreu nesta terça-feira (25), em São Paulo, aos 74 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, onde fez transplante de medula para combater uma mielodisplasia – um tipo de falência da medula óssea na produção de células.

Segundo a família, ele conseguiu fazer o transplante, mas com baixa compatibilidade. Após a operação, o jurista ficou com baixa imunidade e foi atacado por uma infecção.

O corpo de Sigmaringa Seixas será sepultado em Brasília. O enterro está previsto para as 16h30 desta quarta (26), no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Nascido em Niterói (RJ) e formado em Direito na Universidade Federal Fluminense (UFF), ele se mudou para Brasília na década de 1970. Na capital, tornou-se conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) de 1976 a 1984.

O jurista ficou conhecido por defender presos políticos e estudantes durante a ditadura militar. Com a abertura democrática, foi eleito parlamentar.

O advogado Luiz Carlos Sigmaringa Seixas (centro), em foto de 1983, quando advogados defendem a OAB-DF da interdição dos militares — Foto: Reprodução

Sigmaringa Seixas foi eleito deputado federal para a Assembleia Nacional Constituinte de 1987, pelo PMDB-DF, e transitava com facilidade no ambiente político.

Ele teve outras duas passagens pela Câmara dos Deputados, sempre por diferentes partidos: pelo PSDB, de 1991 a 1995, e pelo PT, de 2003 a 2017.

Em 1994, o advogado foi candidato ao Senado pelo PSDB, mas recebeu 10,51% dos votos e não foi eleito. As vagas ficaram com Lauro Campos (PT) e José Roberto Arruda (PP).

Repercussão

O presidente da República, Michel Temer, postou uma mensagem de luto no início da tarde de terça-feira (25): “Lamento imensamente a morte do grande advogado e homem público, Sigmaringa Seixas, um lutador pela democracia brasileira. Meus sentimentos de pesar à familia e amigos”.

A morte também foi lamentada pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), nas redes sociais. “Sempre investiu no diálogo para buscar soluções para o Brasil”, escreveu. Ele decretou luto oficial de três dias na capital.

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, chamou o advogado de “lutador incansável pela justiça e pela democracia em nosso país”.

Em nota, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) manifestou profundo pesar. O presidente nacional da Ordem, Claudio Lamachia, diz no texto que Seixas teve atuação “memorável tanto na defesa dos Direitos Humanos como também na dedicação a advocacia”.

“Com longa dedicação a política, foi deputado federal constituinte e teve atuação marcada pela defesa das causas humanistas”, diz a OAB. Seixas foi conselheiro da entidade no DF entre 1976 e 1984, além de consultor da Anistia Internacional e vice-presidente do Comitê Brasileiro de Anistia no DF.

O pai dele, o também advogado Antônio Carlos Sigmaringa Seixas, morreu aos 94 anos em 2016.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: