Homem com Covid-19 é detido por desrespeitar isolamento e fica do lado de fora da delegacia para evitar transmissão no Paraná

Homem vai responder por ter infringido uma determinação do poder público para impedir a propagação da doença contagiosa

Homem ficou detido do lado de fora de delegacia para evitar a contaminação dos presos e funcionários do local, em Paranavaí — Foto: Reprodução/RPC

Caso ocorreu em Paranavaí, na região noroeste, nesta sexta-feira (3); depois de assinar um documento se comprometendo a manter o isolamento, ele foi liberado.

Por G1 PR e RPC Noroeste

Um homem foi detido, na tarde desta sexta-feira (3), em Paranavaí, na região noroeste do Paraná, por descumprir a medida de isolamento domiciliar depois de testar positivo para o novo coronavírus.

Para evitar a contaminação com os demais presos e funcionários da delegacia, ele ficou detido em uma cadeira, do lado de fora da cadeia.

O Paraná registrou 50 novos casos de coronavírus entre quinta-feira (2) e sexta-feira (3), segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Com isso, o número de diagnósticos da Covid-19 chegou a 307 no estado. Desse total, três moram em Paranavaí.

O homem foi detido pelos policiais quando tinha acabado de sair de casa. Conforme a Polícia Civil, a secretaria de Saúde da cidade já tinha recebido várias denúncias de que ele não estava cumprindo o isolamento domiciliar.

Conforme a secretaria, o paciente procurou atendimento médico no dia 26 de março, quando começou a apresentar alguns sintomas como febre, tosse e dor no corpo.

Ele vai responder por ter infringido uma determinação do poder público para impedir a propagação da doença contagiosa, conforme a Polícia Civil. Se for condenado, pode pegar uma pena de um mês a um ano de prisão e ainda receber multa.

Depois de ficar na cadeira, ele prestou depoimento e preencheu um Termo Circunstanciado, se comprometendo a manter o isolamento social pelo menos até o dia 8 de abril, e foi liberado.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) informou que o paciente também foi notificado judicialmente e tem 24 horas para justificar a saída dele de casa. Se a justificativa não for aceita, os promotores podem abrir uma ação e pedir a aplicação de multa para cada vez que ele sair novamente de casa.

https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2020/04/03/homem-com-covid-19-e-preso-por-desrespeitar-o-isolamento-e-fica-detido-do-lado-de-fora-da-delegacia-para-evitar-transmissao-no-parana.ghtml