Operação contra facção criminosa suspeita de lavagem de dinheiro prende 20 suspeitos no Paraná

Quadrilha é suspeita de movimentar mais de R$ 7 milhões de dentro e fora dos presídios de maneira ilegal; principal alvo é o contador nacional do Primeiro Comando da Capital (PCC), que está preso em Piraquara.

Por Adriana Justi, G1 PR

Fuzil foi apreendido durante operação ‘Caixa Forte’, da Polícia Federal, contra facção criminosa — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Vinte pessoas foram presas no Paraná na operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (9) pela Polícia Federal (PF) contra uma facção criminosa suspeita movimentar mais de R$ 7 milhões nos últimos 9 meses de dentro e fora dos presídios de maneira ilegal.

Segundo a PF, o dinheiro movimentado pelo braço financeiro da facção é originário do tráfico de drogas e envolve integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

A operação foi batizada de Caixa Forte. O principal alvo, conforme a PF, é o contador nacional do PCC. Ele já estava detido em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

PF realiza operação contra facção criminosa em 4 estados

Ao todo, foram cumpridos mais de 50 mandados de prisão preventiva, 48 mandados de busca e apreensão e 45 mandados de bloqueio de contas bancárias em 18 cidades do Paraná e em vários estados brasileiros.

Segundo a PF, estima-se que, ao todo, essa organização criminosa reúna mais de 23 mil criminosos em todo o país.

Do total de prisões no Paraná, 17 foram cumpridas na Região Metropolitana de Curitiba e três em Londrina. Também foram cumpridos 30 mandados de busca e apreensão na capital, em Londrina, Jacarezinho e Palmas.

Os presos são suspeitos de crimes de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e associação criminosa.

As investigações apontam ainda que o dinheiro movimentado era transferido entre contas bancárias de forma fracionada para não acionar dispositivos de vigilância do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Operação Cravada

Na última terça-feira (6), a Polícia Federal prendeu 28 pessoas em 23 cidades do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Acre, Roraima e Pernambuco, em uma investigação semelhante.

Nesta operação, 418 contas bancárias foram bloqueadas. De acordo com a PF, cerca de R$ 1 milhão por mês circulavam nas contas mantidas pela facção criminosa.

De acordo com a PF, o dinheiro arrecadado era utilizado para a compra de armas e drogas e bancar transporte e estadia de familiares dos presos próximo aos presídios onde os membros do grupo estão detidos.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: