Presos 2 suspeitos de matar e esquartejar família de bolivianos

Homens negaram participação direta no crime, mas entraram em contradição durante seus depoimentos; prisão foi autorizada para evitar a fuga deles.

José Maria Tomazela

Os corpos da família de bolivianos foram achados em uma casa em Itaquaquecetuba Foto: Polícia Civil/Divulgação / Estadão

SOROCABA – Dois suspeitos de terem participado da morte de um casal de bolivianos e do filho deles foram presos, após terem a prisão temporária decretada pela Justiça, na noite desta quarta-feira, 9. Os corpos das vítimas, que estavam desaparecidas desde 23 de dezembro, foram encontrados esquartejados na noite de terça, 8, em uma casa de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos negaram a participação direta no crime, mas entraram em contradição durante seus depoimentos. A prisão foi autorizada para evitar a fuga deles.

Os suspeitos, Miguel Alvaro Bautista Silva e Roberto Kally Javier, são amigos do principal suspeito, Gustavo Vargas Arias, que está foragido e também teve a prisão decretada. Arias é cunhado de Irma Morante Sanizo, de 38 anos, uma das vítimas. Ela e o marido, Jesus Reynaldo Condori Sanizo, de 39 anos, eram donos de uma pequena confecção no Brás, em São Paulo. O filho do casal, Gian Abner Morante Condori, de 8 anos, também foi assassinado.

Arias veio da Bolívia para trabalhar com as vítimas e, de acordo com o delegado Eliardo Amoroso Jordão, a principal hipótese é de que o crime teve motivação financeira.

O cunhado estava interessado em assumir os negócios da família e teria pedido ajuda aos suspeitos. Para um deles, Sanizo devia cerca de R$ 1,8 mil. Jordão espera a prisão de Arias para esclarecer como e onde o crime aconteceu. Acredita-se que os três foram mortos em São Paulo, tiveram os corpos cortados, colocados em malas e levados para a casa alugada em Itaquaquecetuba.

A investigação apontou que Arias se encontrou com um dos suspeitos no dia 7 de janeiro, quando já tinha deixado de fazer contato com a própria família.

Segundo o delegado, o cônsul da Bolívia esteve na delegacia, em Itaquaquecetuba, para tomar ciência das investigações e confirmou que toda a polícia boliviana está buscando o suspeito. É dado como certo que ele fugiu para o país vizinho.

Os corpos do casal e da criança foram encontrados esquartejados e enrolados em camadas de plástico, no interior de três malas grandes, no banheiro da casa. O imóvel tinha sido alugado por Arias com o pretexto de servir como depósito de máquinas de confecção. Até a tarde desta quinta-feira, 10, a família não tinha decidido se o sepultamento seria em São Paulo ou na Bolívia.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: