Vídeos comprovam participação de acusados de torturar e matar três mulheres, diz promotora

Para a acusação, uma interceptação telefônica com o mandante dos crime no Bairro Vila Velha também não deixa dúvidas sobre a autoria do crime

Mulheres decapitadas: Corpos só foram encontrados quatro dias após os crimesNatinho Rodrigues

Cinco acusados de participarem dos assassinatos de três mulheres em área de mangue do bairro Vila Velha, há um ano, são julgados nesta quarta-feira (27), no Fórum Clóvis Bevilaqua, em Fortaleza. Segundo a promotora responsável pela acusação, Joseana França, os vídeos das mortes, divulgados em redes sociais, e uma interceptação telefônica com o mandante dos crimes não deixam dúvidas quanto ao envolvimento dos denunciados.

Júlio César Clemente da Silva, o “Bifão”, e Rogério Araújo de Freitas, o “Chocolate”, confessaram a participação nos crimes e falaram do apoio dos demais homens. Há ainda o relato de uma ligação feita de Francisco Robson de Souza Gomes, o “Mitol”, ordenando as execuções a Jeilson Lopes Pires, o “Jê”.

“O Mitol era o cabeça que tava dentro do presídio e entrava em contato com o Jeilson. Esse filmava e determinava o que cada um ia fazer”, narra a promotora. “Mitol” foi uma das lideranças de facções criminosas transferidas do Ceará para presídios federais. Hoje, ele está numa penitenciária em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e será julgado por videoconferência. No entanto, segundo França, há outros envolvidos na ação que ainda não foram denunciados.

Crueldade

“Eu tô há 13 anos no júri e nunca vi um negócio desses. Duas delas foram mortas por decapitação, o laudo cadavérico fala. A Nara Aline levou pisa de pá; cortaram os dedos, o braço e a perna dela. O que aquela moça passou não existe”, analisa. O agravante é que o facão utilizado na execução, comumente usado como instrumento corto-cortante, estava cego, ou seja, se tornou corto-contundente. “Eles usaram como se fosse um machado”, sintetiza a promotora.

Os réus serão julgados por três homicídios triplamente qualificados (por motivo torpe, meio cruel e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima); destruição e ocultação de cadáver; participação em organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e tortura.

O crime ocorreu no dia 2 de março de 2018, por volta das 13h40. Conforme a denúncia do Ministério Público, as vítimas estavam numa residência, na Barra do Ceará, quando foram levadas pelos acusados Bruno, Jeilson, Júlio César e Rogério, seguindo ordens de Francisco Robson. No local, Darcyelle Ancelmo de Alencar, Ingrid Teixeira Ferreira e Nara Aline Mota de Lima foram torturadas e assassinadas.

A ação criminosa foi filmada, e o vídeo compartilhado em redes sociais. A motivação do crime seria o fato de Nara Aline ser ligada a umgrupo rival ao dos acusados. Darcyelle era companheira de Nara. Já Ingrid “morreu de graça”, segundo a promotora, apenas porque estava na residência das duas mulheres no momento em que os executores chegaram.

Após as mortes, os homens ocultaram os cadáveres numa ilhota dentro do Rio Ceará, a cerca de um quilômetro das margens. Como a maré subiu, as equipes de resgate só conseguiram acessar o local a barco, quatro dias após os crimes.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: