Controladoria fará nova apuração sobre morte de 14 pessoas durante assalto a banco em Milagres

Inquérito aponta que policiais dispararam tiros que mataram oito assaltantes e seis reféns, em 7 de dezembro de 2018.

Por Melquíades Júnior e Kílvia Muniz, G1 CE

Vítimas de tiroteio foram levadas para Perícia Forense em Milagres, no Ceará — Foto: Edson Freitas

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) deverá fazer novas diligências relacionadas à morte de 14 pessoas em Milagres, no interior do Ceará, durante uma tentativa de assalto a banco; entre as vítimas estavam seis reféns, mortas por tiros disparados por fuzis portados pelos policiais.

A realização das novas diligências foi confirmada pelo órgão nesta sexta-feira (15). Em nota, a Controladoria afirma que “prosseguem as investigações acerca do caso ocorrido no município de Milagres e que novas diligências foram solicitadas para que o trabalho seja concluído na seara administrativa”.

O órgão não respondeu sobre a conduta dos policiais, apontados pelo inquérito como autores dos disparos que mataram os criminosos e os reféns e se os agentes envolvidos estão em atividade.

Em 7 de dezembro, uma operação policial tentou frustrar ataques a dois bancos no município de Milagres. Na ação, um grupo de criminosos tomou reféns na estrada, levando até as agências. A polícia, que sabia antecipadamente do ataque, entrou em operação.

O tiroteio terminou com um saldo total de 14 mortos, sendo seis reféns. Os primeiros laudos de balística apontam para tiros de fuzil que vitimaram os reféns. Com base em informações apurados pelo G1, apenas a Polícia Militar utilizava fuzis durante a ação.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: