Câmara Municipal em Audiência Pública debate Reforma da Previdência

Audiência Pública – Mesa Diretora (Foto: Clodoaldo Amaro)

No Plenário 13 de Junho, na manhã desta sexta-feira (26), das 09 as 12h30, a Câmara Municipal de Vereadores de Barbalha, sob a presidência do vereador, Odair José de Matos, realizou Audiência Pública debatendo a Reforma da Previdência Social, cuja proposta do Governo Federal está sendo apreciada no Congresso Nacional. Mesa Diretora constituída pelos vereadores: Odair José de Matos, André Feitosa, Ilânio Feitosa e o deputado federal José Nobre Guimarães, e Antônio Filho presidente da Executiva Estadual do PT. O vereador presidente Odair José de Matos, ao abrir os trabalhos, informou ao público sobre as diretrizes para o bom andamento da Audiência Pública.

Vevé Siqueira, autor da proposição usando a Tribuna da Casa do Povo (Foto: Clodoaldo Amaro)

A Audiência Pública foi proposta através de requerimento de autoria do vereador Everton de Souza Garcia Siqueira (Vevé) e todos os demais vereadores da bancada de oposição em Barbalha, Vevé, fez uso da palavra dizendo da grande preocupação com a proposta da Reforma da Previdência Social, que pelo governo federal visa prejudicar o trabalhador brasileiro, principalmente, o agricultor, homem sofrido que trabalha o ano inteiro enfrentando toda a adversidade do tempo na roça e no seu suor plantar, colher e produzir a alimentação da família e da sociedade.

Audiência Pública muito concorrida com a participação de muitos segmentos representativos da sociedade barbalhense e caririense. (Fotos: Clodoaldo Amaro)

Guimarães

O deputado federal José Nobre Guimarães, criticou a reforma da Previdência Social que está em Brasília nas mãos do governo federal que quer aprovar essa reforma sem conversar com o povo brasileiro, sem explicar como serão as mudanças, sem debater com o trabalhador brasileiro as mudanças, e as mudanças vão afetar, principalmente, a classe trabalhadora. Como político não devemos em Brasília trair o povo cearense na votação da reforma. O Brasil hoje tem um presidente que quer governar o Brasil pelas redes sócias. Sistema de Seguridade Social do Brasil é um dos mais completos do mundo, e o governo quer acabar com esse sistema que muito beneficia a classe menos favorecida. Nós vamos trabalhar para essa reforma não ser aprovada como está, porque, o governo quer na reforma tirar muitos direitos do trabalhador que foram conquistados com muita luta e suor.

Guimarães explicou os tramites da reforma, que aumenta o tempo de contribuição, aumenta a idade do homem e da mulher para o tempo de aposentadoria e maldosamente ainda propõe a redução no valor da aposentadoria.

Lula

Governo Lula, abriu as portas dos investimentos, incentivos e apoio a indústria e ao comércio, o Brasil cresceu, desenvolveu, melhorou em muito a vida do assalariado, o poder de reajuste do salário mínimo sempre foi acima da inflação, e o atual governo está engessando a economia brasileira com as medidas que estão sendo adotadas com reajuste do salário mínimo apenas pela o índice da inflação.

Depois de Lula e Dilma, veio o governo Temer, o Brasil perdeu investimentos, o progresso parou, as obras que Lula e Dilma avançaram como a transposição do São Francisco com cerca de 15 mil trabalhadores nas obras, nos últimos dois governo Michel Temer e o atual, houve uma grande redução no número de trabalhadores nas obras, com isso existe a incerteza quando as obras da transposição do São Francisco serão concluídas, questionou Guimarães.

O deputado Guimarães prometeu lutar para ainda este ano tirar da prisão o ex-presidente Lula, que está preso injustamente, e nós vamos trabalhar para em 2022 a gente voltar a governar o país, finalizou o deputado.

Palavra aos segmentos

Sérgio Pereira – Sindicalista e Secretário de Políticas Agrárias Regional Cariri, ele, lamentou a ausência de vereadores da situação que foram eleitos pelo povo deveriam estar aqui, porque, essa Audiência Pública não é partidária, e sim, é uma luta de todos os segmentos da sociedade, uma luta de todas as classes trabalhadoras, todos vão sofrer as consequências dessa reforma se ela passar. Sérgio questionou, porque, o governo não começa a reforma pelos grandes empreendedores que devem fortunas a Previdência Social, mas quer tirar de quem trabalha muito e ganha pouco, precisamos nos organizar e lutar contra a reforma da Previdência Social como ela está sendo proposta de maneira desrespeitosa ao povo brasileiro.

Doviran Amaro dos Santos

O vereador, falou que a reforma da Previdência Social vai prejudicar a população brasileira, em especial, a juventude que vai ter dificuldade para chegar ao tempo de sua aposentadoria, o vereador, convocou a juventude a fazer mobilização pela não aprovação da Reforma da Previdência como está sendo proposta pelo governo federal.

David Cavalcante

Lamentou também a ausência de vereadores da ala da situação, considerou que a Audiência Pública parece mais um palanque partidário, criticou os partidos políticos e grandes empresas que devem a previdência, no encerramento de sua participação o público presente fez motejos.

Daniel Cordeiro

Vereador Daniel, disse que a Previdência Social precisa melhorar, precisa arrecadar mais, porém sem tirar os direitos dos trabalhadores, agora o governo federal quer colocar a previdência nas mãos dos banqueiros que tem grandes fortunas, nas mãos de que tem privilégios, é imoral o governo querer aposentar o trabalhador rural com apenas 60% do salário, devemos ir pras ruas fazer manifestações contra a reforma. Ao orador anterior, o vereador Daniel Cordeiro, disse que em nenhum momento aqui está se fazendo palanque partidário, e sim, estamos juntos políticos e segmentos representativos por um objetivo, barrar a reforma da Previdência Social como ela está, sou a favor da reforma em alguns pontos que precisam melhor, mas, sem mexer nos direitos dos trabalhadores.

Cícera Vieira Costa – Fetraece

Os efeitos dessa reforma vão atingir toda a nação brasileira é uma reforma perversa para todos nós, e mais dura ainda contra o homem e a mulher do campo, são homens e mulheres do campo que sustentam esse pais de alimentos, portanto, somos contra a reforma da previdência, vamos nos fortalecer esse movimento e levar 6 mil pessoas a Brasília contra a reforma.

João Ilânio Sampaio

Destacou que o deputado federal Guimarães, é um grande deputado que está sempre ao lado do povo mais pobre, ao mais carente, e disse de sua admiração pelo trabalho desenvolvido pelo, também tenho muita admiração pelo cidadão e deputado cearense.

Ilânio, justificou as ausências dos deputados Idilvan Alencar que está na Paraíba representando o governador Camilo Santana, e Fernando Santana que está em São Paulo representando o governo estadual na defesa do Aeroporto Regional do Cariri. A exemplo do colega Daniel, também concordo que a previdência precisa melhorar a sua arrecadação, precisa melhorar vários pontos, mas, é perversidade do governo atual que quer a reforma da previdência prejudicando o trabalhador brasileiro. Vamos conversar todos os segmentos da sociedade para uma mobilização contra a reforma.

Mana Rocha – Presidente Sindicato

Não estou aqui para defender partido político, estou aqui para defender nossos direitos como trabalhador e trabalhadora do campo, somos nós que colocamos o alimento na mesa do povo. Mana criticou a reforma da Previdência Social tirando direito dos trabalhadores e aumentando o tempo de contribuição para o homem e para a mulher e também a idade da classe trabalhadora para se aposentar. O Sindicato dos Trabalhadores rurais de Barbalha é contra a reforma da previdência, que não é uma reforma é uma retida de direito dos trabalhadores brasileiros. É o aposentado que com o seu salario movimenta o comercio, e como vai ser esse comercio com o aposentado perdendo dinheiro na sua aposentadoria, o político que está a favor da reforma não merece o nosso voto, concluiu e foi ovacionada.

Welton Vieira – vereador

Quero dizer ao trabalhador que sou contra a reforma da Previdência, pelo que está sendo proposto pelo governo federal, poucos agricultores vão ter direito de se aposentar, de 80% a 90% do trabalhador do campo não vai ter condição de pagar a contribuição para poder se aposentar, digo isso porque lá em casa minha família é do campo, enfrenta sol e chuva, lá nós não temos condição de tirar o valor que está sendo proposto pelo governo como contribuição para a previdência. Deputado Guimarães, quero aqui lhe parabenizar pela coragem e a dignidade de honrar o povo cearense nessa luta, o senhor veio a nossa região debater tão importante questão com a sociedade barbalhense. Estamos juntos nessa luta contra a reforma.

Guilherme Sampaio – Fundação Otília Correia Saraiva

Valorizou o vereador Vevé Siqueira pela proposição da audiência, a reforma da previdência é um assassinato em massa do trabalhador brasileiro, principalmente, o homem do campo, e citou exemplos da região do Arajara, tem hoje cerca de 4 mil pessoas, grande maioria sobrevive da agricultura, que também sofre nos últimos anos com a redução da quadra invernosa prejudicando o homem do campo, no inverno planta e o que colhe é uma festa em família pelo alimento na mesa, depois são meses de sofrimento sem trabalho sobrevivendo de pequenos projetos.

Júnior Coutinho, liderança política de Jardim-CE e outras lideranças políticas e comunitárias também fizeram uso da palavra valorizando a Audiência Pública debatendo pontos importantes sobre a reforma da Previdência Social.

A Audiência Pública teve como último orador o deputado federal José Nobre Guimarães, o qual destacou a força do Lula mesmo preso, porque, muitos órgãos pelo mundo inteiro vêm acompanhando todo esse processo que vem sofrendo o Lula.

Guimarães disse, que, se a reforma passar como está sendo proposta pelo governo, nos vamos ter um Brasil daqui a 10 anos pior do que o Chile, vamos ter um Brasil de idosos sem poder se aposentar, um Brasil de gente passando fome como hoje está acontecendo no Chile. Nas regras que estão sendo propostas, 80% dos brasileiros não vão poder se aposentar, estamos com quase 14 milhões de pessoas desempregadas, nos governos Lula e Dilma o Brasil gerou emprego e renda, e depois de Lula e Dilma, o Brasil perdeu a geração de emprego e renda, o Programa Minha Casa, Minha Vida está parado e outros bons programas sociais também perderam o equilíbrio. Finalizando, Guimarães, agradeceu a Câmara Municipal na pessoa do presidente Odair de Matos, aos vereadores presentes, aos segmentos representativos da sociedade unindo forças contra a reforma da Previdência Social, e por último valorizou a proposição do vereador, Vevé, com a Audiência Pública. Muito obrigado a todos, Viva a Barbalha! Viva o Brasil. Finalizou Guimarães.

O vereador Odair de Matos, fez os agradecimentos finais, e informou que será elaborado um documento sobre a Audiência Pública a ser encaminhado aos demais deputados que representam o Cariri e o Ceará na Assembleia dos Deputados.

Vereadores presentes

Odair José de Matos, Antônio Hamilton Lira, Carlos André Feitosa, João Ilânio Sampaio, Francisco Welton Vieira, Everton de Souza Garcia Siqueira (Vevé), Dorivan Amaro dos Santos, Daniel de Sá Barreto Cordeiro e Moacir de Barros.

Silva Neto – Fotos: Clodoaldo Amaro

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: