Chinesas começam mal, mas conseguem virada sobre europeias rumo ao ouro

Por Felipe Siqueira e João Gabriel RodriguesRio de Janeiro

A expectativa era alta, mas poucos pareciam acreditar. Os primeiros resultados, é verdade, não ajudaram. A classificação para as quartas de final foi cheia de percalços, e a queda diante do Brasil parecia certa. Não foi. A China queria voltar ao topo e, para isso, se pôs à prova durante os Jogos do Rio. Na noite deste sábado, a renovação capitaneada pela técnica Lang Ping deu resultado. Contra a Sérvia, conseguiu a virada na decisão e conquistou o ouro em 3 sets a 1, parciais 19/25, 25/17, 25/22 e 25/23.

No Rio, a China chega ao seu terceiro título olímpico 12 anos depois da última conquista. Antes, havia sido ouro em Los Angeles 1984 e em Atenas 2004 – em Atlanta 1996, ficou com a prata. A Sérvia também tem motivos para comemorar. Para chegar à final, derrubou favoritos como Rússia e EUA. A prata é a primeira medalha olímpica da seleção europeia no vôlei feminino.

China, ouro no vôlei feminino na Rio 2016 (Foto: REUTERS/Yves Herman)
Depois de 12 anos, o vôlei feminino da China volta ao lugar mais alto do pódio olímpico (Foto: REUTERS/Yves Herman)

Melhor jogadora da China na competição, Ting Zhu foi o destaque mais uma vez. A ponteira terminou a partida com 24 pontos. Ruoqi Hui, com 13, também foi bem. Pelas sérvias, Tijana Boskovic saiu de quadra com 23 pontos.

O JOGO

Foi um início melhor para a China. Mas a Sérvia já estava acostumada a encarar momentos complicados. Lideradas por Brankica Mihajlovic, as europeias logo tomaram a dianteira e dispararam no placar, abrindo 9/5. As chinesas foram buscar e, por um momento, equilibraram a partida. Mas a noite, àquela altura, parecia mesmo da Sérvia. Uma bola para fora de Changning Zhang fechou a conta: 25/19.

A China voltou melhor. Com uma defesa mais sólida, equilibrou o passe e saiu na frente. O saque também encaixava. Com ace de Ruoqi Hui, as asiáticas fizeram a contagem chegar a 12/8. As sérvias tentavam voltar à partida, mas passaram a cometer muitos erros. Depois de uma recepção ruim, a bola sobrou livre para Ting Zhu estourar e abrir 17/10. Em novo ace, Fangxu Yang ampliou a vantagem para oito pontos.

Sérvia x China vôlei final (Foto: Juan Mabromata / AFP)
Zhu foi o destaque chinês mais uma vez (Foto: Juan Mabromata / AFP)

A Sérvia juntou os cacos e deu seu último impulso em busca de uma reação. Em um primeiro momento, a diferença chegou a cair, mas a vantagem chinesa ainda era grande. Depois de uma invasão das sérvias à quadra rival, a China deixou tudo igual: 25/17.

Na volta à quadra, equilíbrio. A Sérvia até abriu vantagem em um primeiro momento, mas a China foi buscar. Depois de um bloqueio de Hui, as asiáticas anotaram 8/6. Boskovic e Mihajlovic eram as maiores referências das europeias, mas parecia difícil parar Ting Zhu. As chinesas dispararam, abriram 20/12, e as rivais precisaram correr atrás mais uma vez.

Sérvia x China vôlei final torcida (Foto: Juan Mabromata / AFP)
Torcida chinesa marcou presença nas arquibancadas (Foto: Juan Mabromata / AFP)

A diferença voltou a cair. Rasic, experiente central sérvia, fez a diferença diminuir para quatro pontos. Boskovic, na sequência, soltou o braço para marcar mais um ponto. A China pareceu sentir o momento ruim. Mihajlovic marcou no saque, Rasic bloqueou com perfeição, e as europeias ficaram a um ponto do empate. A reação, porém, parou por ali. Ting Zhu, de ace, fechou as contas da parcial: 25/22.

Em busca de uma sobrevida, a Sérvia lutou. O time europeu conseguiu ficar na cola das chinesas até o fim da parcial. Quando as asiáticas se encaminhavam para o ouro, conseguiram deixar tudo igual na parcial, em 20/20.  Ognjenovic foi a nocaute, após ataque de Zhu parar em seu rosto. O esforço, porém, não teve resultado. No fim, a frieza chinesa foi superior. Ao subir sozinha, Hui mandou a bola ao chão e fechou o jogo: 25/23.

Sérvia x China vôlei final (Foto: Juan Mabromata / AFP)
Chinesas comemoram ponto contra sérvias (Foto: Juan Mabromata / AFP)

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: