Peru perde chances, tem dois gols anulados com ajuda do VAR e empata com a Venezuela em estreia

Em casa em Porto Alegre, Paolo Guerrero passa em branco na Arena do Grêmio em jogo pelo grupo do Brasil

Venezuela e Peru: Guerrero lamenta chance perdida (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)

Venezuela e Peru estrearam na Copa América com um empate em 0 a 0 neste sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O confronto opôs os dois maiores artilheiros da história das duas seleções, Rondón e Paolo Guerrero, mas quem brilhou foi o goleiro Fariñez. Especulado como possível alvo do Barcelona na Espanha, o jogador do Millonarios, da Colômbia, fez boas defesas e parou o experiente ataque peruano, que não estava com a pontaria em dia. Gonzáles e Farfán até balançaram as redes para o time de Ricardo Gareca, mas os gols foram anulados por impedimento, com a ajuda do VAR. Melhor para o Brasil, que larga na liderança do grupo.

Classificação

Com o empate entre Venezuela e Peru, o Brasil se mantém na liderança do Grupo A, com três pontos, após vencer a Bolívia por 3 a 0 na última sexta-feira, na estreia. Venezuela e Peru somam um ponto cada e dividem a segunda posição. Já os bolivianos largam na lanterna, sem nenhum ponto ganho.

Primeiro tempo

Venezuela e Peru fizeram um primeiro tempo com o freio de mão puxado, com pouca intensidade e verticalidade. A seleção de Dudamel começou com mais posse de bola, mas os peruanos levaram mais perigo. Logo aos seis minutos, Gonzáles pegou o rebote de Fariñez em cobrança de falta e marcou um belo gol. Os venezulanos reclamaram de falta no goleiro. Após analisar o VAR, o árbitro Vilmar Roldán anulou gol, mas por impedimento. Cueva teve boa chance logo depois em contra-ataque armado por Farfán, mas chutou para fora. A Venezuela teve uma única oportunidade clara de gol aos 21, com Rondón, que só não marcou graças a grande defesa de Gallese. Já perto do fim, Guerrero assustou em cobrança de falta.

Segundo tempo

O Peru teve mais posse de bola, mas não conseguiu tirar o zero do placar. No primeiro minuto, Rondón cobrou falta rasteira e levou perigo a Gallese. Aos 17, Farfán cabeceou para o fundo da rede, mas o assistente marcou impedimento na origem do lance e o VAR confirmou a marcação. Aos 28, Mago cometeu falta digna de cartão amarelo, seu segundo, e foi expulso. Dois minutos depois, no lance mais contundente da partida, Gonzáles desviou a bola, mas Faríñez salvou em cima da linha. Na sequência, a arbitragem marcou impedimento de Guerrero e parou a jogada. Com a entrada de Soteldo, do Santos, os venezuelanos seguraram a bola no ataque e garantiram o 0 a 0 com um a menos em campo.

Trabalho para o VAR

Após ser usado pela primeira vez em uma partida de Copa América no jogo de abertura entre Brasil x Bolívia, o VAR voltou a ser protagonista em Porto Alegre. O recurso de vídeo ajudou a anular um gol do Peru no primeiro tempo, de Gonzáles. Os venezualanos reclamaram de falta no goleiro Fariñez no lance, mas a irregularidade vista foi impedimento do ataque peruano na origem da jogada. Na segunda etapa, Farfán marcou mais um de cabeça para o Peru, só que Vilmar Roldán marcou outro impedimento. O lance foi revisto pela equipe do VAR, que confirmou a decisão de campo.

Inacreditável FC

Após a expulsão de Mago, o Peru promoveu uma blitz na defesa venezuelana e quase marcou o gol da vitória aos 30 minutos do segundo tempo. Farfán encontrou Gonzáles ne pequena área, mas Fariñez fez uma grande defesa, em cima da linha. Nas sequência, o goleiro da Venezuela ainda defendeu um chute de Guerrero e viu a bola explodir na trave no rebote de Gonzáles, em dois lances dignos de Inacreditável FC. Mas a jogada não valia mais nada, anulada por posição de impedimento dos peruanos.

Público e renda na Arena para Venezuela x Peru:
Público total: 13.370
Público pagante: 11.107
Renda: R$ 2.400.080

Apesar do público aquém do esperado para um jogo de Copa América, a torcida peruana marcou presença em Porto Alegre. Em número muito maior que os venezuelanos, até pela crise política e econômica que assola o país. Com máscaras, fantasias ou apenas a tradicional camisa branca e vermelha, deram novas cores à Arena do Grêmio.

Próximos jogos

Após o empate em Porto Alegre, a Venezuela vai a Salvador enfrentar a seleção brasileira na Fonte Nova, na terça-feira, pela segunda rodada do Grupo A. No mesmo dia, o Peru encara a Bolívia, no Maracanã, no Rio. Os jogos ocorrem às 21h30 e 18h30 (de Brasília), respectivamente.

Autor: Silva Neto

Eu, José Gonçalves da Silva Neto – (Silva Neto), Naturalidade: Cedro-CE, filiação: Vicente Antônio da Silva e Severina Gonçalves da Conceição. Na década de 70, comerciário na Casa Ribeiro e Gilsons Magazine em Juazeiro do Norte, nesta mesma cidade fundador do Xv de Novembro Futebol Clube. Ex-diretor secretário da Liga Desportiva Juazeirense, na década de 70. Comerciário vendedor da antiga Cariri Rações em Juazeiro do Norte. Radialista autônomo, diretor e apresentador do Programa Alvorada Sertaneja - Rádio Cetama de Barbalha. Noticiarista diretor e apresentador do Jornal Cetama é Notícia - Rádio Cetama de Barbalha, membro da equipe esportiva da Rádio Cetama de Barbalha, membro do Programa Flagra pela Rádio Cetama de Barbalha conjuntamente com o radialista Maciel Silva (saudosa memória). Ex-diretor gerente da Rádio Comunitária Verdes Canaviais de Barbalha-CE. Diretor e apresentador do Jornal Verdes Canaviais. Diretor e apresentador do Programa Saúde em debate da Rádio Verdes Canaviais. Ex-diretor gerente da Rádio Aurora do Povo da cidade de Aurora-CE. Ex-secretário e presidente da Liga Desportiva Barbalhense (LDB). Ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Alegria – Barbalha-CE. Por oito anos, funcionário recepcionista do Hospital Santo Antônio de Barbalha-CE. Funcionário Público Municipal da Assessoria de Imprensa da Administração do ex-prefeito de Barbalha, Francisco Rommel Feijó de Sá. Funcionário Público Municipal como assessor de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, gestão do ex-prefeito Antônio Inaldo de Sá Barreto, membro da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Barbalha, do ex-prefeito Edmundo de Sá Filho. Prestador de Serviços na divulgação das ações da Câmara Municipal de Barbalha desde o início dos anos 90. Correspondente do Jornal Tribuna Popular de Juazeiro do Norte. Correspondente do Jornal da Tarde da Rádio Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Diretor, redator e apresentador do Jornal Alvorada Notícias FM 96,7, desde o dia 02 de janeiro de 2014. Membro da equipe esportiva Show de Bola da Rádio Barbalha FM. Sócio do Rotary Clube de Barbalha – Distrito 4490. Membro sócio do Círculo Operário de Barbalha. Fundador e diretor do site www.diariodocariri.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: